Absurdo e graça!

.Na vida hoje caminhamos entre uma fome que condena ao sofrimento uma enorme parcela da humanidade
e uma tecnologia moderníssima que garante um padrão de conforto e bem estar nunca antes imaginado.
Um bilhão de seres humanos estão abaixo da linha da pobreza, na mais absoluta miséria, passam FOME !
Com a tecnologia que foi inventada seria possível produzir alimentos e acabar com TODA a fome no mundo,
não fossem os interesses de alguns grupos detentores da tecnologia e do poder.

"Para mim, o absurdo e a graça não estão mais separados.
Dizer que "tudo é absurdo" ou dizer que "tudo é graça "
é igualmente mentir ou trapacear...
Como morrer e ressuscitar, o absurdo e a graça são só dois lados da mesma moeda."
"Hoje a graça e o absurdo caminham, em mim lado a lado,
não mais estranhos,
mas estranhamente amigos"
A cada dia,nas situações que se nos apresentam podemos decidir entre perpetuar o absurdo ou promover a Graça. (Jean Yves Leloup)

* O Blog tem o mesmo nome do livro autobiográfico de Jean Yves Leloup, e é uma forma de homenagear a quem muito tem me ensinado em seus retiros, seminários e workshops *

Receba "O Absurdo e a Graça" por Email

Total de visualizações de página

24 de março de 2013

24 de Março: 33 anos sem São Oscar Romero

SÃO ROMERO DA AMÉRICA

..

"Tenho sido freqüentemente ameaçado de morte.
Devo dizer a eles que, como cristão,
não creio na morte sem ressurreição:
se me matarem, ressuscitarei no povo salvadorenho".
(Dom Óscar A. Romero)


Na homilia de 11 de novembro de 1977, Monsenhor Romero afirmou:

"a missão da Igreja é identificar-se com os pobres.

Assim a Igreja encontra sua salvação."

Óscar Romero foi assassinado em 24 de março 1980 por um atirador de elite do exército salvadorenho, treinado nas Escola das Américas, enquanto celebrava a missa.

Sua morte provocou uma onda de protestos em todo o mundo e pressões internacionais

por reformas em El Salvador.

Foi declarado servo de Deus pelo Papa João Paulo II.




Na Galeria dos mártires do século XX da Abadia deWestminster: Madre Elisabeth da Rússia, 
o Rev. Martin Luther King, 
o Arcebispo Óscar Romero 
e o Pastor Dietrich Bonhoeffer


SÃO ROMERO DE AMÉRICA PASTOR E MÁRTIR
O anjo do Senhor anunciou na véspera...
O coração de El Salvador marcava
24 de março e de agonia
Tu ofertavas o Pão, o Corpo Vivo
o triturado Corpo de teu Povo:
Seu derramado Sangue vitorioso
O sangue "campesino" de teu Povo em massacre
que há de tingir em vinhos e alegria a Aurora conjurada!
E soubeste beber o duplo cálice
do Altar e do Povo,
com uma só mão consagrada ao Serviço.
O anjo do Senhor anunciou na véspera
e o verbo se fez morte, outra vez, em tua morte.
Como se faz morte, cada dia, na carne desnuda de teu Povo.
E se fez vida Nova
Em nossa velha Igreja!
Estamos outra vez em pé de Testemunho,
São Romero de América, pastor e mártir nosso!
Romero de uma Paz quase impossível, nesta Terra em guerra.
Romero em roxa flor morada da Esperança incólume de todo Continente
Romero desta Páscoa latino-americana.
Pobre pastor glorioso,
assassinado a soldo, a dólar, a divisa.
Como Jesus, por ordem de Império.
Pobre pastor glorioso, abandonado
por teus próprios irmãos de Báculo e de Mesa.


(As Cúrias não podiam entender-te:
Nenhuma Sinagoga bem montada pode entender a Cristo)
(Poema "São Romero de América" de Dom Pedro Casaldáliga, 
bispo emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia).

Nenhum comentário:

Postar um comentário