Absurdo e graça!

.Na vida hoje caminhamos entre uma fome que condena ao sofrimento uma enorme parcela da humanidade
e uma tecnologia moderníssima que garante um padrão de conforto e bem estar nunca antes imaginado.
Um bilhão de seres humanos estão abaixo da linha da pobreza, na mais absoluta miséria, passam FOME !
Com a tecnologia que foi inventada seria possível produzir alimentos e acabar com TODA a fome no mundo,
não fossem os interesses de alguns grupos detentores da tecnologia e do poder.

"Para mim, o absurdo e a graça não estão mais separados.
Dizer que "tudo é absurdo" ou dizer que "tudo é graça "
é igualmente mentir ou trapacear...
Como morrer e ressuscitar, o absurdo e a graça são só dois lados da mesma moeda."
"Hoje a graça e o absurdo caminham, em mim lado a lado,
não mais estranhos,
mas estranhamente amigos"
A cada dia,nas situações que se nos apresentam podemos decidir entre perpetuar o absurdo ou promover a Graça. (Jean Yves Leloup)

* O Blog tem o mesmo nome do livro autobiográfico de Jean Yves Leloup, e é uma forma de homenagear a quem muito tem me ensinado em seus retiros, seminários e workshops *

Receba "O Absurdo e a Graça" por Email

Total de visualizações de página

Seja Bem vindo (a)!

Agradeço por sua visita, ela é muito oportuna.
Aqui eu reúno pensamentos meus
e de outras pessoas com quem sinto afinidade de idéias e ideais.


"Vamos precisar de todo mundo
pra banir do mundo a opressão
Para construir a vida nova
vamos precisar de muito amor...

Vamos precisar de todo mundo,
um mais um é sempre mais que dois
Pra melhor juntar as nossas forças
é só repartir melhor o pão...

Deixa nascer o amor/Deixa fluir o amor
Deixa crescer o amor/Deixa viver o amor

O sal da terra,..." (
Beto Guedes)

30 de julho de 2010

Para Onde Vamos ?

J Ricardo A. de Olivevira
O mundo caminha a passos largos para um impasse.
Tenho a impressão de que a nossa mãe terra já está lançando mão de seus últimos expedientes par tentar preservar-se. Mas a escalada frenética em direção ao lucro, às posses e ao poder parece que cegam a humanidade.
O pensamento consumista fruto de um capitalismo enlouquecido parece que dominou até os pequenos povoados a longo da terra.Tudo precisa ser transformado em lucro, em recursos financeiros. Há muito deixou-se de poder afirmar com segurança qualquer posição, porque os valores mudam de acordo com a ganância.
As notícias dos jornais falam de escravos sexuais, de pais pedófilos, de bombardeios a navios que transportam ajuda solidária. Dão ênfase a crimes hediondos, a pais que abusam e maltratam filhos...A humanidade ensandecida parece não ter mais limites.
Alguns queixam-se de Deus outros pregam o fim alardeando a proximidade apocalipse. O que falta ainda acontecer.
Embasados em teorias do calendário Maia. Alguns falam já a nivel acadêmico num fenômeno de proporções alarmantes fruto da inversão do polo magnético da terra, um fenomeno que acontece de tempos em tempos.
Será? Ou isso é mais uma especulação para vender livros e filmes, proporcionar workshops e açguém se beneficiar financeiramente do pânico da população.
Por todo lado fala-se em vulcões, tempestades, destruição. Os noticiários parece que procuram as piores notícias para saciar a fome de desgraça de uma população extremamente doente.
O que fazer? Para onde ir?
O homem tanto caminhou, tanto cresceu em conhecimento que parece que perdeu a medida e e não quer mais ouvir o que sua consciência está gritando:
Conhece-te a ti mesmo, como estava escrito no portal de Delfos, por outro lado Jesus dizia: conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.
Mas como conhecermo-nos e conhecermos a verdade se a todo tempo fugimos dela e insitimos em criar nossas verdades particulares.
Não tenho respostas.
Na verdade as perguntas me sufocam nesta curva da estrada da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário