Absurdo e graça!

.Na vida hoje caminhamos entre uma fome que condena ao sofrimento uma enorme parcela da humanidade
e uma tecnologia moderníssima que garante um padrão de conforto e bem estar nunca antes imaginado.
Um bilhão de seres humanos estão abaixo da linha da pobreza, na mais absoluta miséria, passam FOME !
Com a tecnologia que foi inventada seria possível produzir alimentos e acabar com TODA a fome no mundo,
não fossem os interesses de alguns grupos detentores da tecnologia e do poder.

"Para mim, o absurdo e a graça não estão mais separados.
Dizer que "tudo é absurdo" ou dizer que "tudo é graça "
é igualmente mentir ou trapacear...
Como morrer e ressuscitar, o absurdo e a graça são só dois lados da mesma moeda."
"Hoje a graça e o absurdo caminham, em mim lado a lado,
não mais estranhos,
mas estranhamente amigos"
A cada dia,nas situações que se nos apresentam podemos decidir entre perpetuar o absurdo ou promover a Graça. (Jean Yves Leloup)

* O Blog tem o mesmo nome do livro autobiográfico de Jean Yves Leloup, e é uma forma de homenagear a quem muito tem me ensinado em seus retiros, seminários e workshops *

Receba "O Absurdo e a Graça" por Email

Total de visualizações de página

Seja Bem vindo (a)!

Agradeço por sua visita, ela é muito oportuna.
Aqui eu reúno pensamentos meus
e de outras pessoas com quem sinto afinidade de idéias e ideais.


"Vamos precisar de todo mundo
pra banir do mundo a opressão
Para construir a vida nova
vamos precisar de muito amor...

Vamos precisar de todo mundo,
um mais um é sempre mais que dois
Pra melhor juntar as nossas forças
é só repartir melhor o pão...

Deixa nascer o amor/Deixa fluir o amor
Deixa crescer o amor/Deixa viver o amor

O sal da terra,..." (
Beto Guedes)

30 de novembro de 2010

O cartel do Rio

Só refletindo...

Será que alguém se deu conta de que quando aquela multidão de criminosos subiu o complexo da Vila Cruzeiro e desceu pelo Alemão, o cerco às entradas do Complexo do Alemão ainda não tinham acontecido?
Se fugiram da Vila Cruzeiro, porque ficariam esperando as forças policiais no Alemão?

Há momentos que eu me acho um perfeito idiota, queria acreditar...
Mas não sei de onde me vem essa mania de questionar tudo...

E por falar nisso:

quantos chefões do trafico foram presos mesmo no complexo do Alemão?

Se a estratégia e fazer com que fujam, é impressão minha ou estão só adiando um conflito muito maior quando invadirem comunidades como a Mangueira, S Carlos, Jacarezinho, Rocinha etc etc etc...

A mídia fez um carnaval, mas é preciso destacar que há duas coisas importantes a se considerar:

Uma é o território das comunidades sendo devolvidos ao povo daquele lugar. Isso é inegável, ainda mais agora com o anúncio da instalação das UPPs.

outra é o fim do narcotráfico no Rio de Janeiro, e isso é uma outra longa história.


Tenho verificado a mudança nas comnidades onde foram implantadas UPPs, posso te garantir q há uma melhoria de qualidade de vida significativa para todos.

Mas a chegada das UPPs tem que vir acompanhada de mudanças sociais, de projetos de educação e resgate da cidadania.

A minha crítica e o meu protesto é quanto a manipulação pela mídia de que ao Tomar as comunidades o trafico esteja dominado e acabado.

Acho importante que as comunidades estejam sendo dominadas, que os moradores tenham a possibilidade de novamente ver na policia uma aliada e não uma outra facção que os amedronta e massacra tanto quanto os narcotraficantes.

Não tiro o mérito das ocupações. Como eu te disse, não vejo outra maneira. O poder paralelo não é bom para a comunidade, assim como não é bom que ao invés da policia os traficantes sejam expulsos pelas milícias, o que resulta somente numa troca de poder paralelo.

Não sei se vc conhece essa realidade, porque não estou a par da realidade de S Paulo, mas posso te garantir que o que acontece numa comunidade comandada pelo Trafico é algo impensável para quem nunca viveu esta realidade.
Eu disse a vocês que tive que encerrar minhas atividades junto as comunidades porque ou fazia aliança ou nada feito. Preferí o nada feito.

Só estou escrevendo para que fique claro que eu não desaprovo a ocupação, mas não a vejo como solução definitiva.

O tráfico Não será eliminado enquanto existir consumidores para sustentá-lo.
E isso diz respeito até para quem acha que um baseado só não faz diferença.
Faz!
E muita!
Não se combate o tráfico dando tapa na pantera !
sinto muito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário