Absurdo e graça!

.Na vida hoje caminhamos entre uma fome que condena ao sofrimento uma enorme parcela da humanidade
e uma tecnologia moderníssima que garante um padrão de conforto e bem estar nunca antes imaginado.
Um bilhão de seres humanos estão abaixo da linha da pobreza, na mais absoluta miséria, passam FOME !
Com a tecnologia que foi inventada seria possível produzir alimentos e acabar com TODA a fome no mundo,
não fossem os interesses de alguns grupos detentores da tecnologia e do poder.

"Para mim, o absurdo e a graça não estão mais separados.
Dizer que "tudo é absurdo" ou dizer que "tudo é graça "
é igualmente mentir ou trapacear...
Como morrer e ressuscitar, o absurdo e a graça são só dois lados da mesma moeda."
"Hoje a graça e o absurdo caminham, em mim lado a lado,
não mais estranhos,
mas estranhamente amigos"
A cada dia,nas situações que se nos apresentam podemos decidir entre perpetuar o absurdo ou promover a Graça. (Jean Yves Leloup)

* O Blog tem o mesmo nome do livro autobiográfico de Jean Yves Leloup, e é uma forma de homenagear a quem muito tem me ensinado em seus retiros, seminários e workshops *

Receba "O Absurdo e a Graça" por Email

Total de visualizações de página

Seja Bem vindo (a)!

Agradeço por sua visita, ela é muito oportuna.
Aqui eu reúno pensamentos meus
e de outras pessoas com quem sinto afinidade de idéias e ideais.


"Vamos precisar de todo mundo
pra banir do mundo a opressão
Para construir a vida nova
vamos precisar de muito amor...

Vamos precisar de todo mundo,
um mais um é sempre mais que dois
Pra melhor juntar as nossas forças
é só repartir melhor o pão...

Deixa nascer o amor/Deixa fluir o amor
Deixa crescer o amor/Deixa viver o amor

O sal da terra,..." (
Beto Guedes)

25 de julho de 2016

Hoje eu só tenho absurdos para comentar...


Agora acho que conseguiram, Nunca a frase do general De Gaulle fez tanto sentido: 
"O Brasil não é um país sério." E não é mesmo!
Triste, muito triste... não há justificativa que possa nos convencer, qualquer coisa que possam dizer sobre o atual estado de coisas, ou sobre os valores que norteiam este país só servirão para piorar as coisas. As justificativas para a prisão dos supostos “Terroristas", o perdão da dívida do "trensalão", o Canguru do prefeito debochado do Rio e ainda a absurda prisão do Senador Suplicy versus a leniência para com o chefe desta organização criminosa que tomou o país de assalto.
O Brasil hoje é uma piada internacional, uma piada sem graça.
Os nossos governantes oferecem cangurus para disfarçar sua incompetência, ou justificam suas burradas como medidas preventivas, querem nos convencer que é melhor que uma parcela considerável da população, volte a passar fome, para que empresários safados, que desviaram milhões tenham suas maracutaias perdoadas. O mundo dá gargalhadas para o fato de que afastaram uma chefe da nação porque ela estava sendo muito dura contra a corrupção e um bando de corruptos, bradando contra a corrupção, tomam o poder.
É demais para mim.
Em 68 havia um brado de revolta do povo, mas hoje há um grande silêncio, o Brasil parece que está anestesiado, acho que a indignação foi trocada por um comprimido de Rivotril ou por um baseado...
O povo rí, aplaude figuras que elogiam torturadores e acobertam estupradores, e pasmem há mulheres que o defendem; devem concordar com ele quando diz que mulheres gostam de ser estupradas...
Acho que fiquei velho, já não consigo entender como se pode ser tão hipócrita a ponto de ter uma persona de "gente de bem" quando o mundo, sem nenhum esforço, consegue ver a podridão por trás da máscara.

Mas por favor, antes de me rotularem de petista saibam que há muito tempo não aprovo as medidas deste partido que desde a primeira vez que subiu ao governo escolheu um liberal para gerir o banco central, da mesma forma que não consigo encontrar logica no apoio a  alguém que tramou conta o partido no pedido de impedimento da presidente. Também não me chamem de comunista, eu não defendo ideias de divisão igualitária de bens. 


Sou muito mais por atender às necessidades dos menos favorecidos do que simplesmente dividir bens. Aliás eu ando desgostoso e insatisfeito com essa esquerda que não abre mão de buscar o poder, ao invés de se organizar para ter força para fazer mudanças. Veja a próxima eleição no Rio de Janeiro, vão fazer acordo de coligação para o segundo turno, como se algum dos candidatos da esquerda fosse ter chance de chegar ao segundo turno...

O gosto é amargo, muito amargo e desta vez eu só estou conseguindo ver “Absurdos”, espero que as “Graças” não demorem muito para aparecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário