Absurdo e graça!

.Na vida hoje caminhamos entre uma fome que condena ao sofrimento uma enorme parcela da humanidade
e uma tecnologia moderníssima que garante um padrão de conforto e bem estar nunca antes imaginado.
Um bilhão de seres humanos estão abaixo da linha da pobreza, na mais absoluta miséria, passam FOME !
Com a tecnologia que foi inventada seria possível produzir alimentos e acabar com TODA a fome no mundo,
não fossem os interesses de alguns grupos detentores da tecnologia e do poder.

"Para mim, o absurdo e a graça não estão mais separados.
Dizer que "tudo é absurdo" ou dizer que "tudo é graça "
é igualmente mentir ou trapacear...
Como morrer e ressuscitar, o absurdo e a graça são só dois lados da mesma moeda."
"Hoje a graça e o absurdo caminham, em mim lado a lado,
não mais estranhos,
mas estranhamente amigos"
A cada dia,nas situações que se nos apresentam podemos decidir entre perpetuar o absurdo ou promover a Graça. (Jean Yves Leloup)

* O Blog tem o mesmo nome do livro autobiográfico de Jean Yves Leloup, e é uma forma de homenagear a quem muito tem me ensinado em seus retiros, seminários e workshops *

Receba "O Absurdo e a Graça" por Email

Total de visualizações de página

Seja Bem vindo (a)!

Agradeço por sua visita, ela é muito oportuna.
Aqui eu reúno pensamentos meus
e de outras pessoas com quem sinto afinidade de idéias e ideais.


"Vamos precisar de todo mundo
pra banir do mundo a opressão
Para construir a vida nova
vamos precisar de muito amor...

Vamos precisar de todo mundo,
um mais um é sempre mais que dois
Pra melhor juntar as nossas forças
é só repartir melhor o pão...

Deixa nascer o amor/Deixa fluir o amor
Deixa crescer o amor/Deixa viver o amor

O sal da terra,..." (
Beto Guedes)

4 de julho de 2016

Quem pode receber Jesus ?


Jesus, meu querido amigo e mestre estou confuso. 
Com toda essa manifestação em apoio à união civil de pessoas homoafetivas  as manifestações contrárias, especialmente por parte de alguns cristãos me assustou.
Algumas pessoas demonstraram verdadeiro  ódio,  e muitas, mesmo não condenando a união civil, fazem questão de qualificar estas pessoas como pecadoras e dizer que elas estão terminantemente PROIBIDAS de te receber.



Meu amigo, não se assuste!
Infelizmente  os fariseus não ficaram congelados lá na antiga palestina nos dias em que eu  andava pela terra anunciando um modo novo de viver.

Fizeram do meu gesto de doação uma moeda de troca e algo muito diferente do que eu propus. Eucaristia é sinal de minha presença, do meu amor, de minha vida doada a TODA a humanidade, sem exceções. Eu vim para que TODOS tenham vida e vida e abundancia. Transformaram o meu gesto ou a materialização dele em instrumento de punição.

Você não tem ideia da tristeza que tenho, quando ouço ali no altar, aquele que há poucos segundos falava em meu nome, como eu próprio, in persona Christi, dizer para a assembleia reunida: “aqueles que se sintam dignos de receber a santa eucaristia e que se prepararam , ou ainda , que estejam em estado de graça ...”
 Mas como assim ?
Onde foi que  entenderam que eu vim só para os que já  estavam salvos ?
Eu  vim   para os que precisam se salvar! Na verdade para que TODOS tenham vida !
 Quem está em estado de graça não precisa de mais nada porque já vive em íntima comunhão comigo, com o Pai em espírito e verdade.





Alguns acham que podem subverter a minha lei, e julgar, escolher quem pode ou não me receber.

Será que esqueceram a experiência de Pedro ?
Pedro tu me amas? E ele quase se revolta por eu colocar em dúvida seu amor, mas logo depois me nega.



E  Pedro foi aquele a quem escolhi para ser o presbítero, o ancião sábio entre meus companheiros mais próximos.

Quando ouço alguém dizer: você está em pecado, você não pode receber Jesus eu tenho vontade de gritar a plenos pulmões.
 Como assim???
Eu só estou nas partículas consagradas?
Já não me encontram ou me reconhecem em tudo e todos ?
Quem determinou o meu distanciamento da criação.

Como é difícil fazê-los entender que minha lei , minha única lei é  Amar como eu vos amo . E que o amor é tudo, não há restrições, não há limites nem fronteiras para o Amor que eu vim anunciar.


 Onde foi que aboliram o eu que disse:
“Vinde a mim TODOS os que estão sobrecarregados porque meu julgo é leve e meu fardo suave.
 Estará sendo leve esse  fardo que enche de culpa e medo as pessoas que são acusadas de pecadoras?
Será que esqueceram que eu disse que quando dois estivessem reunidos em meu nome eu estaria presente?





Nenhum comentário:

Postar um comentário