Absurdo e graça!

.Na vida hoje caminhamos entre uma fome que condena ao sofrimento uma enorme parcela da humanidade
e uma tecnologia moderníssima que garante um padrão de conforto e bem estar nunca antes imaginado.
Um bilhão de seres humanos estão abaixo da linha da pobreza, na mais absoluta miséria, passam FOME !
Com a tecnologia que foi inventada seria possível produzir alimentos e acabar com TODA a fome no mundo,
não fossem os interesses de alguns grupos detentores da tecnologia e do poder.

"Para mim, o absurdo e a graça não estão mais separados.
Dizer que "tudo é absurdo" ou dizer que "tudo é graça "
é igualmente mentir ou trapacear...
Como morrer e ressuscitar, o absurdo e a graça são só dois lados da mesma moeda."
"Hoje a graça e o absurdo caminham, em mim lado a lado,
não mais estranhos,
mas estranhamente amigos"
A cada dia,nas situações que se nos apresentam podemos decidir entre perpetuar o absurdo ou promover a Graça. (Jean Yves Leloup)

* O Blog tem o mesmo nome do livro autobiográfico de Jean Yves Leloup, e é uma forma de homenagear a quem muito tem me ensinado em seus retiros, seminários e workshops *

Receba "O Absurdo e a Graça" por Email

Total de visualizações de página

Seja Bem vindo (a)!

Agradeço por sua visita, ela é muito oportuna.
Aqui eu reúno pensamentos meus
e de outras pessoas com quem sinto afinidade de idéias e ideais.


"Vamos precisar de todo mundo
pra banir do mundo a opressão
Para construir a vida nova
vamos precisar de muito amor...

Vamos precisar de todo mundo,
um mais um é sempre mais que dois
Pra melhor juntar as nossas forças
é só repartir melhor o pão...

Deixa nascer o amor/Deixa fluir o amor
Deixa crescer o amor/Deixa viver o amor

O sal da terra,..." (
Beto Guedes)

11 de junho de 2017

A caminho do Caos



Multiplicam-se os casos de preconceito pelo Brasil, seja racial, de gênero ou mesmo contra pobres e pessoas em situação de rua. Vê-se exclusão por toda parte.
Multiplica-se a violência pelas cidades do país. O crescente número de suicídios indica o grau de desespero que vem assolando a população e o que é mais grave, neste número há uma parcela considerável de jovens! Isso é típico de países onde as Leis deixaram de ser respeitadas e a impunidade aos infratores está garantida. É o anuncio do caos que a cada dia se aproxima mais no pais que já foi um oásis para se viver.

Quando as leis que garantem direitos do cidadão deixam de valer tudo pode acontecer. Pode um helicóptero abarrotado de pasta de cocaína ficar sem explicação e sem punição. Pode uma presidente eleita ser derrubada em flagrante desrespeito à carta magna do país. Pode um prefeito mandar recolher cobertores de quem não tem nada, para que essas pessoas em situação de rua, morram nas noites geladas da maior cidade do país. Pode um presidente receber alguém que ele mesmo classifica como “bandido” na calada da noite para tratar de assuntos bem comprometedores e apesar de inúmeras provas continuar governando. Pode um prefeito derrubar casas com moradores dentro, colocar fogo em praça onde estão abrigados dependentes químicos e moradores em situação de rua. Pode um outro alcaide atrasar mais de dois meses o salário de funcionários e deixar todo o sistema de saúde e uma universidade à deriva a despeito de sua importância. Pode assassinar índios para ficar com suas terras e ser defendido por ministros de governo como sendo isso um ato normal, já que índios são “vagabundos”. Pode cometer chacinas, mutilar pessoas explorá-las e escravizá-las sem que nenhuma atitude seja tomada. E pode retirar todos os direitos conquistados pelo povo ao longo de décadas. Podem os supostos representantes do povo, eleitos pelo povo legislar contra esse mesmo povo que os elegeu, e pode, segundo  notícias  recentes  constatar-se que o país vem sendo governado por um influente político que está na cadeia.


A lista é extensa e quase sem fim, fruto do desgoverno e de uma generalização da mediocridade e do autoritarismo de uma boa parte da classe política e judiciária corrupta.
Quando a mentira prevalece e se rasga a constituição das leis de um país, quando isso é apoiado por uma mídia que se vendeu ao poder econômico e que tem uma forte ascendência sobre o povo, obtida até por expedientes legalmente duvidosos o caos está anunciado e os cidadãos correm um grande perigo.

O Brasil hoje caminha neste oceano de caos e sua rota não pode ser prevista. Todas as condições foram criadas, sabe-se bem com que intenção, para que mergulhe, em pouco tempo, em uma revolta ou em uma guerra de previsão incerta.
Caos!  Não há outra palavra que possa melhor descrever o que estamos muito próximos de viver. 

Talvez seja este o interesse mesmo, para que organismos internacionais que há muito miram o Brasil posam intervir. E é fácil ver os interesses envolvidos: nossas riquezas naturais, a quantidade de água e petróleo de nosso subsolo, nossa extensão territorial e nossa capacidade agrícola. São muitas e evidentes as razões da inveja pelo Brasil. Somos hoje certamente a nação com um potencial imenso para atender o mundo em suas necessidades mais essenciais.

A consciência precisa urgentemente ser expandida, a população precisa acordar desta letargia em que foi colocada pelos apelos e pela doutrinação da mídia, o povo precisa ir para as ruas como fez em 2013 e mais e mais levar a classe dirigente a entender quem todo poder emana do povo. Para isso não adiantam shows semanais cada vez em uma capital. De nada servem os discursos inflamados, as nossas postagens em redes sociais a nossa revolta tímida  exercida na privacidade e através de nosso teclado. 



A Ação precisa ter todos ao mesmo tempo e em todos os lugares, ou seremos a curto prazo um pais de miseráveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário